Ir para o site iGuard
Carros 0

03 de Setembro, 2012  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)

  Comente aqui



Carro elétrico é 'solução incompleta' diz governo, que defende híbrido flex 0

31 de Agosto, 2012  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)

Carro elétrico não é a solução para o cenário de transportes no Brasil, definiu o então secretário de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis do Ministério de Minas e Energia (MME), Marco Antônio Martins Almeida, em evento realizado no Rio de Janeiro (RJ).

Debatendo soluções para o abastecimento de combustíveis em seminário do governo estadual dedicado ao etanol, Almeida definiu o carro elétrico como uma boa alternativa para a diminuição da poluição nas grandes cidades, mas uma solução incompleta.

“A energia a ser suprida [para ser armazenada nos carros elétricos] exigiria uma fonte adicional, que tem de ser fóssil”, explicou o gestor, que defende o investimento em melhoria na eficiência dos motores dos carros flex.

Almeida também destacou a importância do veículo híbrido flex, com motor a combustão que pode ser abastecido com gasolina e/ou etanol somado a gerador elétrico -- tecnologia teoricamente simples, mas ainda não viabilizada, vale dizer. “O nível de consumo é a metade de um veículo normal. Se eu conseguir expandir a frota de veículos híbridos eficientes, a demanda diminui”, afirmou.

O secretário apontou ainda que os níveis atuais de consumo de combustíveis e a demanda crescente, em especial da gasolina,  têm alarmado o governo, que procura alternativas para o médio e longo prazo, evitando gastos excessivos com importação de combustíveis.

Segundo o Sindicato Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, o aumento do consumo de gasolina, somente nos últimos três anos, foi de mais de 50% em relação ao volume consumido em 2008.

Retirado: Guilherme Jeronymo
Da Agência Brasil, no Rio de Janeiro (RJ)

 

  Comente aqui



Melhores acessorios contra roubos de carros 0

28 de Agosto, 2012  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)

Investir em equipamentos de segurança para o carro pode não só diminuir riscos mas trazer vantagens como descontos nos seguros e serviços adicionais, como indicadores de velocidade, monitoramento da localização do veículo à distância e alertas sobre a hora de fazer manutenção do carro, como a troca de óleo. O Centro de Experimentação e Segurança Viária(Cesvi) realiza, desde 2002, a avaliação técnica dos sistemas de segurança disponíveis no mercado, ou seja, os os rastreadores e os localizadores. Veja abaixo o que levar em conta na hora de escolher um sistema e quais equipamentos são aprovados pelo Cesvi em cada categoria:


Localizadores

A principal função do localizador, como o nome sugere, é informar onde o carro furtado ou roubado está localizado. Esta localização é feita a partir do momento que o motorista percebe que o carro foi roubado e aciona a central de monitoramento da empresa que vendeu o produto. Ao ser informada, a central aciona a Polícia e dá todo o suporte para agilizar a localização do veículo roubado.

Rastreadores

O rastreador é o mais avançado entre os três sistemas. Ele tem o mesmo objetivo do localizador, de informar ao motorista onde o carro roubado está localizado, mas tem a vantagem de permitir a consulta da localização do carro mesmo que o motorista não tenha ativado a central de atendimento.

 

  Comente aqui



Boa Tarde 0

27 de Agosto, 2012  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)

  Comente aqui



CINTO DE SEGURANÇA SALVA VIDAS! 0

20 de Agosto, 2012  | NOVIDADES | 0 COMENTÁRIO(S)

Um milionário que trabalhava no ramo de imóveis morreu neste domingo (19) após bater seu carro em uma cerca na Inglaterra, relata o "The Sun". O corpo dele foi lançado a 3 metros com uma porta do veículo, que foi destroçada, e um passageiro sobreviveu com ferimentos leves. A polícia ainda investiga o caso.

O Pagani Zonda Roadster que William Baranos, 52, dirigia chega a 346 km/h, acelera a 100 km/h em 3,5 segundos e tem valor estimado em R$ 1,6 milhão, de acordo com o jornal. Só há 206 em todo o mundo.

Segundo relatos de testemunhas à publicação, William passeava sem cinto de segurança e em alta velocidade em Watford, Herts, perto de Londres, e o carro foi comprado há pouco tempo. O passageiro seria filho de um amigo, de cerca de 20 anos, e estaria com cinto de segurança.
William deixa uma filha e a mulher Mirjana, de 36 anos. Eles viviam em um apartamento de quatro andares avaliado R$ 9,5 milhões em Aldenham, Herts. O local estava à venda porque eles procuravam um lugar maior para morar.


 

  Comente aqui



Anterior  1  2  3  4  5  Próximo
Página 5 de 9 - Resultados de 1 a 5
FAÇA SUA BUSCA
CATEGORIAS
ASSINE NOSSA NEWSLETTER
Copyright © 2013 iGuard - Todos direitos reservados
Home| Contato| Loja